Sua indústria de autopeças precisa de muito mais do que peças, mas disponibilidade para o cliente, e vamos te mostrar como fazer isso ser possível!

Você já ouviu a expressão que diz que, de grão em grão, a galinha consegue encher o papo?

Esse ditado traz um antigo ensinamento, mostrando que, apesar das partes parecerem inúteis ou desconexas, ao juntá-las, elas fazem parte de um todo bem maior e, dessa forma, é capaz de concluir um grande objetivo.

Sendo assim, mesmo que as pequenas partes de um negócio não aparentam afetar os seus rendimentos, elas têm grande importância quando esse é o assunto, ou seja, as pequenas partes que compõem um todo harmônico.

Portanto, vamos falar sobre a gestão de estoque e, dessa maneira, você poderá avaliar se a sua indústria de autopeças está cuidando bem para que o todo funcione em harmonia, potencializando os seus ganhos!

E então, vamos lá? Boa leitura!

confira nossas especialidades 1 - Entenda a importância de realizar uma gestão de estoque para sua indústria de autopeças! - Contabilidade em São Bernardo do Campo - SP

Você entende por que fazer uma gestão de estoque para sua indústria de autopeças é importante?

Então, se você trabalha com autopeças, já deve ter uma boa noção de que é muito importante saber o que se pode oferecer ao cliente e o que não, afinal, eles chegarão com os mais diversos pedidos.

Sendo assim, sua indústria de autopeças precisa ter uma gestão de estoque eficiente, não somente para reabastecer-se  de grandes demandas e afins, mas ter plena consciência dos produtos que os consumidores poderão encontrar e, assim, suprir suas necessidades e desejos.

Como sua indústria de autopeças pode fazer uma gestão de estoque eficiente?

Visto sua importância, vamos falar o que é o totalmente necessário existir na gestão de estoque de uma indústria de autopeças – e que você precisa aplicar na sua de imediato!

Organização em primeiro lugar

Antes mais nada, é preciso ter o seu estoque devidamente organizado, pois, sem esse elemento em seu estabelecimento, todos os processos se tornam muito mais difíceis, adquirindo uma complexidade desnecessária.

Nunca deixe de reduzir as falhas

Como você bem deve saber, nem sempre uma pessoa acerta na contagem e, por essa razão, é muito interessante realizar a inventariação mais de uma vez, se for possível, assim, os riscos de alguma falha passar despercebida diminuem.

Automatize-se

Por fim, nunca subestime a utilidade de um software para a sua indústria de autopeças! Com ele, você pode otimizar todo o processo de gestão de estoque, dando uma precisão maior para a sua tomada de decisão.

Saiba a importância de uma contabilidade para que a sua indústria de autopeças veja seus melhores dias!

Bom, como você pode ver, ter apenas o básico que uma empresa pode oferecer é, basicamente, se sentenciar a falir, mesmo se já possuir muito tempo no mercado – afinal, os produtos mudam, a realidade muda e, se você não mudar, vai virar apenas mais uma lembrança do passado.

Por essa razão, é preciso entender e confiar em um profissional para abrir as portas das oportunidades que você sempre esteve procurando, mas não sabia como!

Então, nós, da São Lucas, não apenas oferecemos uma contabilidade de excelência, mas somos especializados em oferecer inúmeras oportunidades para a sua indústria de autopeças!

Entre em contato conosco e entenda o que significa ser colocado em primeiro lugar e, de fato, ocupar essa posição no seu mercado!

Quando você abre sua empresa, obrigatoriamente você acaba tendo que pagar impostos encima do seu Faturamento certo?! Mas e aí, quanto você paga de Impostos sendo Produtor Digital?!
E a grande dúvida é: Qual o planejamento tributário que você terá de usar?

Em 95% dos casos é o Simples Nacional para o seu negócio digital, você irá começar pagando 6% de imposto.

Nos cálculos você lança um produto a R$ 100,00 – 6% = R$ 94,00
Ou seja você começa pagando os 6% de imposto e vai escalando a alíquota conforme o crescimento do seu negócio.

Quanto você deve pagar de impostos encima do seu produto digital?

As notas fiscais do mercado digital são as de serviço (NFS-E). Sendo assim, depois que você emitir as suas é o que imposto vai ser calculado. Esse número é pago sobre todas notas fiscais geradas.

Como é feito o cálculo dos impostos de uma venda online?

O imposto varia entre 6% a 17,42%. Veja abaixo na tabela para saber o valor do produto que deverá ser pago. Ele é progressivo e começa no faturamento 0 e vai até R$3,6 milhões (até 2017) a partir de 2018 o teto foi para a R$ 4,8 milhões.

TABELA:

Receita Bruta Total em 12 mesesAlíquotaQuanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,004%0
De 180.000,01 a 360.000,007,3%R$ 5.940,00
De 360.000,01 a 720.000,009,5%R$ 13.860,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0010,7%R$ 22.500,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0014,3%R$ 87.300,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0019%R$ 378.000,00

Anexo II do Simples Nacional de 2019

Empresas industriais e fábricas/indústrias.

Receita Bruta Total em 12 mesesAlíquotaQuanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,004,5%0
De 180.000,01 a 360.000,007,8%R$ 5.940,00
De 360.000,01 a 720.000,0010%R$ 13.860,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0011,2%R$ 22.500,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0014,7%R$ 85.500,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0030%R$ 720.000,00

Anexo III do Simples Nacional de 2019

Empresas que oferecem serviços manutenção, reparos e instalação. Neste anexo, ainda, são consideradas:

  • Escritórios de contabilidade;
  • Agências de viagens;
  • Empresas de medicina e odontologia;
  • Laboratórios;
  • Academias
Receita Bruta Total em 12 mesesAlíquotaQuanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,006%0
De 180.000,01 a 360.000,0011,2%R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,0013,5%R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0016%R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0021%R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0033%R$ 648.000,00

Anexo IV do Simples Nacional de 2019

Empresas que fornecem serviços de vigilância, limpeza, construção de imóveis, obras e serviços advocatícios.

Receita Bruta Total em 12 mesesAlíquotaQuanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,004,5%0
De 180.000,01 a 360.000,009%R$ 8.100,00
De 360.000,01 a 720.000,0010,2%R$ 12.420,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0014%R$ 39.780,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0022%R$ 183.780,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0033%R$ 828.000,00

Anexo V do Simples Nacional de 2019

Empresas que fornecem serviços de tecnologia, jornalismo, engenharia, publicidade, auditoria, entre outros.

Receita Bruta Total em 12 mesesAlíquotaQuanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,0015,5%0
De 180.000,01 a 360.000,0018%R$ 4.500,00
De 360.000,01 a 720.000,0019,5%R$ 9.900,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0020,5%R$ 17.100,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0023%R$ 62.100,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0030,50%R$ 540.000,00

QUER SABER MAIS SOBRE REGIME TRIBUTÁRIO?

Acesse: Lucro Presumido e Simples Nacional qual a diferença?

Fonte Tabela : Azulis

Então você quer ter um comercio eletrônico, quer montar um E-Commerce? Mas eaí, qual os cuidados antes de abrir um E-Commerce? Quais as atenções que você precisa ter antes de iniciar esse novo negócio? Acompanhe a leitura do Blog!

  • Primeira ponto – Sabemos que E-Commerce vende produtos, então você precisa ter um local físico,  porque se o fisco for até a sua casa  ele não vai poder entrar na sua casa, concorda ? O fisco não pode entrar na sua casa, então o que ele faz? Ele tem que adentrar ao seu estabelecimento comercial ou seja não pode abrir na sua casa.
  • Segunda ponto – É a atividade, você tem que colocar tudo que você vai vender, “Mas eu vou ter uma baita de uma plataforma que vai vender diversos produtos” só que está elencado a todas as atividades dentro do seu contrato social? Toma cuidado com isso se não você pode ter problemas muito graves nesse sentido.
  • Terceiro ponto – O tipo jurídico. Tem todas as questões contábeis e uma série de coisas que você precisa ver.  Qual tipo jurídico que você abrir do seu negócio? Se é uma limitada, uni pessoal, IL, individual, qual vai ser o tipo de contrato que você vai abrir para o seu negócio?
  •  Quarto Ponto – E não menos importante, o tipo tributário. Será que é que é melhor Simples, Presumido, Real? Qual que eu vou enquadrar, qual se enquadra melhor?

Agora que viu os cuidados que se deve ter antes de abrir um E-commerce e você não está querendo ter dor de cabeça, entre em contato e ajudaremos você para situação para cada um desses passos.

Veja também :O que é viabilidade da prefeitura e como fazer?!

Entenda O Que É Um Software Para Oficinas E Descubra As Principais Funcionalidades Que Você Precisa Considerar No Momento De Escolha!

Empreender sempre é um desafio, e essa afirmação é irreal apenas para quem nunca tentou exercer essa atividade.

Sendo assim, se você encontra obstáculos em seu caminho e, mesmo assim, consegue seguir atuando no mercado, saiba que está trilhando o caminho certo para atingir suas tão almejadas vitórias.

Então, os empreendedores que estão predestinados ao sucesso sempre encontram barreiras para que, ao superá-las, estejam um passo mais perto dessa conquista, portanto, não desanime ainda!

Porém, uma dificuldade que vem assolando os sonhos de vários líderes de empresas é a incapacidade de acompanhar a constante modernização do mercado e, dessa forma, acabam caindo em um esquecimento sem volta, que pode colocar um fim ao seu negócio e a toda sua batalha para chegar onde chegou hoje.

Mas não se preocupe, vamos te ajudar a superar esse perigo iminente, assim, te colocando de volta no caminho para o sucesso! Hoje, o assunto que vai te salvar de fechar as portas são os softwares para oficinas e, além disso, vamos apontar as questões que você precisa considerar para fazer uma ótima escolha!

E então, vamos lá? Boa leitura! 

confira nossas especialidades 1 - Software Para Oficinas: Saiba O Que Considerar Na Hora De Escolher! - Contabilidade em São Bernardo do Campo - SP

O Que É Um Software Para Oficinas?

Em aspectos gerais, podemos dizer que um software para oficinas é uma metodologia desenvolvida para facilitar a vida do empreendedor ao mesmo tempo em que otimiza processos e permite a diminuição de custos. 

Contudo, é necessário explicitar o fato de que, apesar da enorme quantidade de facilidades que este tipo de programa oferece, o software para oficinas é mais uma entre as ferramentas que se alinham a uma contabilidade de qualidade para garantir o pleno e constante desenvolvimento do seu negócio, proporcionando, assim, maior saúde financeira e possibilidades sólidas.

Sendo assim, para que seja possível escolher o melhor software para oficinas, é necessário analisar os mais diversos fatores que contarão diretamente para a taxa de sucesso não apenas no momento de implantação, mas durante a utilização e na captação de resultados a curto, médio e longo prazo.

Dessa maneira, hoje, resolvemos separar para você, empreendedor, alguns pontos que necessariamente devem ser analisados durante a escolha da plataforma que será utilizada na facilitação da sua vida.

O Que Considerar Para Escolher Um Software Para Oficinas?

Assim como dissemos anteriormente, o software para oficinas tem por objetivo principal facilitar a sua atuação, além de prover conforto financeiro quando alinhado a boas práticas contábeis. 

Dessa maneira, vamos entender agora quais aspectos são primordiais para que o programa escolhido seja capaz de apresentar os resultados que você tanto precisa para fazer o seu negócio se desenvolver de maneira saudável e constante:

Possibilidade De Integração

Dentre as principais funcionalidades que um software para oficinas deve oferecer, a primeira é a possibilidade de integração com outros softwares de controle, visto que isso aumentará a efetiva gestão do seu negócio, além de preservar dados e garantir a centralização de informações.

Controle Financeiro

Assim como você – provavelmente – já esperava, o controle financeiro é crucial para a sua oficina mecânica e, é claro, um bom software não poderia deixar de agregar essa funcionalidade, visto que pequenos deslizes podem levar o seu negócio ao fundo do poço.

Sendo assim, é importante lembrar que, quando nos referimos a controle financeiro, falamos especificamente da adequação de informações e controle de dados. Afinal de contas, somente a contabilidade é capaz de garantir a saúde financeira da sua empresa.

Captação De Pedidos

Por último – mas não menos importante – é preciso que o software contratado tenha uma área reservada a separação de itens para efetuar os pedidos necessários ao seu negócio, uma vez que, em uma oficina mecânica, a rotatividade de materiais é alta e a recorrência de pedidos é muito grande.

E então, o que achou das informações? Foram úteis? 

Lembre-se que para atingir o sucesso e manter a sua oficina crescendo de maneira saudável e constante, é necessário ter o apoio de uma contabilidade que conhece as particularidades do seu ramo de atuação, bem como compreende cada uma das necessidades que o seu negócio apresenta.

Sendo assim, entre em contato conosco e nos veja fazer uma verdadeira manutenção nos resultados da sua empresa!

Saiba o que é  Viabilidade da Prefeitura.

Você quer abrir uma empresa e se deparou com a viabilidade da prefeitura, se você está nos municípios da grande  São Paulo ou até mesmo fora do estado de São Paulo e quer saber como funciona a viabilidade da prefeitura, continue lendo que explicaremos para você.

A prefeitura já vem há algum tempo se integrando com as juntas comerciais dos seus respectivos estados  e seguem investindo muito forte e pesado em tecnologia e cada vez mais se integrando com a viabilidade.

Se você vai abrir uma empresa, um imóvel que não tenha alvará de obras ou tenha algum problema irregular de IPTU, seja numa área de mananciais que não seja uma área mista ou industrial. Você provavelmente travar nesta etapa, a prefeitura da região onde você mora ou trabalha não vai liberar a viabilidade do seu negócio. Então veja bem a viabilidade para que você não gaste uma fortuna de besteira.

Segue  link para consulta sobre a viabilidade no município de São Paulo.

Consultar Viabilidade no Município de São Paulo

Caso seja outro Estado/Município devera ser checado com a prefeitura da respectiva localidade.

E se você quer evitar erros e desperdício de dinheiro com questões burocráticas , clique em Orçamento que nós fazemos este levantamento para você.


Obs : Não é viabilidade financeira, não viabilidade de produtos
. É realmente para saber se este local está habilitado.

Veja também “Foi excluído do Simples Nacional, e agora?!”

Acesse: saolucasassessoria.com.br/fui-excluido-do-simples-nacional-o-que-fazer/

Fui excluído do Simples Nacional, e agora?!

Inúmeras empresas são excluídas anualmente do Simples Nacional, e você se enquadra nesta situação?! Vamos te ajudar no que dever ser feito.

De modo geral você vai ter que fazer toda uma reengenharia tributária do seu negócio, vai ter que analisar ele como um todo, se você quer contratar o serviço da São Lucas Contabilidade para resolver seu problema clique em >Orçamento< e preencha o formulário.

  • O que é a Reengenharia tributária: Reajustar  toda  parte do seu planejamento ou  até mesmo estruturação tributária, mudar o seu modelo do seu negócio no que diz respeito a parte de precificação.

É importante que você entenda que uma vez que você foi excluído do Simples Nacional você vai ter uma enxurrada de novos impostos, inclusive a serem tributados. Para você que vende produtos, o ICMS ou para você que presta serviços o ISS, fique atento pois terá que reformular o seu preço de venda.

Quais são os motivos para a empresa ser excluída do Simples?

Limite de faturamento

Um dos fatores impeditivos é ultrapassar o limite de faturamento. Para permanecer no Simples Nacional, a empresa pode faturar até R$ 4,8 milhões anuais (quatro milhões e oitocentos mil reais). O valor cheio vale para empresas constituídas em anos anteriores ou R$ 400 mil mensais para aquelas que começaram no próprio ano.

Atividades impeditivas

Não são todas as atividades que estão permitidas no Simples Nacional. Mas a cada ano, o governo abre mais o leque e vai permitindo a entrada de novos CNAE’s. Por exemplo, com após o último pacote de mudanças, ingressaram na lista de atividades permitidas pequenas empresas do ramo de indústria de bebidas alcoólicas, sociedades cooperativas, sociedades integradas por pessoas em situação de vulnerabilidade pessoal ou social, organizações da sociedade civil (Oscips) e organizações religiosas de cunho social. Mas ainda há uma série de atividades impeditivas para o enquadramento no Simples.

Sócio PJ

Uma empresa enquadrada no Simples Nacional não pode ter uma pessoa jurídica como sócia. Se for uma nova empresa, não poderá fazer essa opção. E se o quadro societário mudar com uma empresa enquadrada no Simples, será feita a exclusão do Simples Nacional. A empresa tributada no Simples também não poderá participar da sociedade de outra pessoa jurídica. É esperado que os próprios administradores da empresa informem a Receita sobre a situação. Os efeitos da exclusão devem ser considerados a partir do mês seguinte ao da ocorrência da situação impeditiva.

Empresa com dívidas

Para ser enquadrada no Simples, a empresa não pode estar em débito com o INSS nem com a Receita Federal. Se houver alguma dívida, a empresa que já está no Simples Nacional pode ser excluída também. O mais indicado é procurar o parcelamento dos débitos para pode fazer a solicitação de enquadramento no regime.

Fonte: Conube (Quais são os motivos para a empresa ser excluída do Simples?)

Quer saber mais sobre Simples Nacional e Lucro Presumido?!

Acesse: saolucasassessoria.com.br/posso-voltar-para-o-simples-nacional-depois-de-optar-pelo-presumido/