Declaração de IRPF: não caia nas garras do leão!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Entenda o que é a Declaração de IRPF, quando e como você deve fazer e dicas para não cair na malha fina

Entra e sai ano e uma coisa não muda: é preciso fazer a declaração de renda!

Se você é pessoa física, saiba que o IRPF é um imposto federal que você não pode deixar de lado. Entre os meses de março e abril, é preciso declarar os ganhos referentes ao ano anterior.

Mas calma! Para 2020 o teto estipulado pela Receita Federal é de R$ 28.559,98. Ou seja, se você ganhou, em média, menos de R$ 2.379,99 ao mês, fique despreocupado. Ainda não chegou o seu momento. 

Outro cenário obrigatório são para pessoas que receberam uma quantia igual ou maior a 40 mil reais de rendimentos isentos, tributáveis ou não tributáveis.

Se é o seu caso, é melhor se atentar para não cair na famosa malha fina!

O que ter em mãos para fazer a Declaração de IRPF

Saiba que para preencher a sua Declaração de IRPF, é preciso que você tenha em mãos os seguintes documentos:

Comprovantes de despesas dedutíveis

É hora de juntar os recibos de doações, escolares, médicos, do plano de saúde e odontológico.

Informe de rendimentos do banco

Peça ao gerente do seu banco ou consulte no seu app como ter acesso ao documento.

Fichas de bens de direito

Documentação de imóveis, carros ou mesmo aplicações financeiras.

Declaração de IR do ano anterior

Caso você não tenha feito no último ano, é só pegar o Título Eleitoral.

Como fazer a Declaração de IRPF

Agora chegou a tão temida hora. Nesse momento o recomendado é procurar um profissional para te auxiliar e não deixar nenhum detalhe passar.

Se quiser se aventurar, no site da Receita está disponível o programa IRPF. Nele você pode fazer sua declaração e baixar, inclusive, em dispositivos móveis.

Se tiver dúvidas, pesquise ou converse com alguém. Alguns termos podem ser confusos e o volume de informações é alto.

É bom se atentar aos mínimos detalhes e, se possível, manter uma pasta com todos os documentos necessários. Assim, fica muito mais fácil e você não se perde.

A recompensa com a Declaração de IRPF

Está se perguntando o porquê de tanto trabalho? No fim das contas, existe um bom lado. 

A restituição acontece quando o contribuinte paga mais impostos do que deveria. Até dezembro do ano vigente, o valor é pago.

E a dica é: quem paga antes, recebe antes. O pagamento é feito em cinco lotes que vão de maio a setembro.

Fuja da malha fina

Se você deixou algum detalhe escapar, é possível que caia na famosa malha fina. A situação pode te deixar em maus lençóis e te custar dinheiro.

Se for uma pequena divergência, é possível fazer a correção sem problemas. Se você precisar incluir ou excluir alguma informação, aí terá que fazer uma declaração de retificação.

Para fugir de qualquer um desses problemas,a São Lucas conta com uma equipe disponível para te ajudar. Nossos profissionais conhecem cada detalhe da Declaração de IRPF e vão te tirar de apuros.

Venha conversar com a gente!

Summary
Como fazer a declaração de IRPF?
Article Name
Como fazer a declaração de IRPF?
Description
Leia nosso artigo a seguir e entenda o que é a Declaração de IRPF, quando e como você deve fazer e dicas para não cair na malha fina
Author
Publisher Name
São Lucas
Publisher Logo

Acesse minhas redes sociais:

marketing@saolucas

marketing@saolucas

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresa

Ajudamos empresários, gestores financeiros, gestores de RH, a resolverem seus problemas contábeis, fiscais e trabalhistas através de uma consultoria contábil customizada para o seu negócio.

Posts Recentes

Siga-nos

Vídeo

Cadastre-se na nossa Newsletter

Não se preocupe não enviamos spam!

Recomendado só para você!
Sua indústria de autopeças precisa de muito mais do que…