Qual a Função do Sócio no seu Negócio?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A primeira vista parece incrível ter um sócio não é mesmo? alguém para dividir os gastos, trocar ideias e tudo mais, mas você sabe qual a real função dessa pessoa no seu negócio? No vídeo de hoje nosso diretor Leandro Bueno, O Contador!, nos falo um pouco sobre o papel do sócio no negócio, quais são as obrigações e por que te-lo em sua empresa.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=YYIox9NFV4E[/embedyt]

Agora que você já sabe qual a função desse sócio, que tal sabermos também as vantagens e desvantagens?

Vem comigo!

O principal motivo para se procurar um sócio é, geralmente, financeiro: alguém está disposto a tirar uma ideia do papel, mas, sozinho, não tem os recursos necessários para isso.

Neste caso, um sócio pode dar o aporte de dinheiro necessário para fazer as contas fecharem. Em troca, ele é dono de uma parcela do negócio, tendo, consequentemente, poder de decisão.

Há, também, quem tenha os recursos financeiros, mas não tenha experiência alguma com gestão, ou que tema não dar conta do trabalho de criar e gerir uma empresa – acredite, é muito! Nestas situações, o benefício da sociedade é outro: ter com quem dividir a carga de trabalho dentro da empresa.

À primeira vista, parece tudo incrível, não é? Mas, antes de começar a fazer telefonemas, é preciso estudar a questão da sociedade a fundo, analisando, também, suas desvantagens – acredite, elas podem existir!

Vantagens e desvantagens de ter um sócio

Além dos já citados, a sociedade traz mais alguns benefícios ao empreendedor:

  1. Melhor tomada de decisões:duas – ou mais – cabeças realmente pensam melhor do que uma. Ter um sócio permite que você debata as decisões da empresa, o que com certeza gerará melhores insights.
  2. Responsabilidade compartilhada pela tomada de decisões: todas as medidas devem ser fruto de acordo entre os sócios. Assim, a responsabilidade pelas consequências do que for feito é compartilhada.
  3. Maior suporte para fazer a empresa crescer:ter um sócio é contar com uma pessoa trabalhando junto com você pelo sucesso da empresa. É mais um ponto a favor do sucesso do empreendimento.
  4. Impressão de estabilidade:clientes geralmente se sentem mais seguros quando veem duas ou mais pessoas tocando um negócio juntas. É duro trabalhar em equipe, o que torna a sociedade sinônimo de racionalidade, equilíbrio e profissionalismo.
  5. Menor risco financeiro:especialistas em investimentos te dirão que não é desejável colocar todos os seus recursos em um único produto. Aqui, o princípio é o mesmo: junto com as responsabilidades, os riscos financeiros também são compartilhados, diluindo o impacto de eventuais perdas – principalmente no início da empresa.

Entretanto, nem tudo são flores. Quem entra em uma sociedade pode encarar alguns obstáculos, como:

  1. Desacordos sobre os rumos da empresa:este é um dos problemas mais frequentes em sociedades. Todas as decisões devem ser tomadas em conjunto e, caso não haja consenso, haverá atritos – ou, até mesmo, a dissolução da sociedade.
  2. Problemas nas relações pessoais:caso você entre em sociedade com um familiar ou amigo, pode ser que haja atritos na relação devido às divergências de ideias quanto aos rumos do negócio. É preciso separar o pessoal do profissional, para que nenhum relacionamento seja comprometido!
  3. Divisão dos lucros:dividir para conquistar, certo? Nem sempre! Para algumas pessoas, a ideia de dividir os suados lucros de seu negócio com outra pessoa não parece a ideal. Se você é uma delas, é melhor empreender sozinho.
  4. Complicações na dissolução: não cansamos de falar que sociedade é que nem casamento! A dissolução é possível, mas, como é um processo legal, dá trabalho, mesmo que seja fruto de consenso entre os sócios.

 

Uma dica: Se você está considerando trabalhar em sociedade com alguém, envolva um advogado e um contador desde o início para ajudar a formar a sociedade e elaborar acordos legais. Cuide de tudo como um relacionamento, por que assim como um bom casamento, você certamente quer que essa parceria de negócios dure para sempre (ou por muito tempo).

Classificar post

Acesse minhas redes sociais:

São Lucas

São Lucas

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresa

Ajudamos empresários, gestores financeiros, gestores de RH, a resolverem seus problemas contábeis, fiscais e trabalhistas através de uma consultoria contábil customizada para o seu negócio.

Posts Recentes

Siga-nos

Vídeo

Cadastre-se na nossa Newsletter

Não se preocupe não enviamos spam!

Recomendado só para você!
Que a economia brasileira está em crise todos já perceberam. Mas isso não é…