Guia com 4 dicas de como montar e-commerce

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Deseja saber como montar um e-commerce com segurança e vendendo bem? Confira estas 4 dicas que preparamos para o sucesso da sua loja virtual!

Atualmente, para quem gosta e quer empreender, montar um e-commerce é uma excelente ideia por muitos motivos.

Primeiro, porque, como se trata de uma loja virtual, as condições de investimento diminuem bastante, do que quando comparado a ter uma loja física.

  • da estrutura física;
  • da água;
  • da energia;
  • dos funcionários, que precisam estar disponíveis em horário comercial de segunda a sábado.

Por esse motivo, hoje, você poderá conferir algumas dicas bem legais e pontuais sobre os melhores passos para montar um e-commerce.

Vamos lá?

Depois de ter escolhido os itens a serem vendidos, é hora de ir para o campo!

Ok, você já escolheu os produtos, agora precisa identificar algumas outras coisas para começar a vender online.

1 – Busca pela melhor plataforma

Essa etapa é fundamental, pois será dentro desse ambiente que você fará vendas e poderá tomar as melhores providências para começar a faturar.

É importante destacar aqui que atualmente existem muitas plataformas e que elas podem ser testadas por um período mínimo. Dando a oportunidade de você utilizá-las e sentir qual é a mais fácil e efetiva para você.

2 – Método de pagamento

Você vai precisar definir qual meio de pagamento o cliente poderá usar, para que o pagamento seja processado de maneira segura e adequada. Nesse sentido, você pode escolher:

  • Método de pagamento intermediário para lojas virtuais – Muito indicado para quem está começando, são mais simples de usar e têm vantagens bem proveitosas. Porque eles assumem os riscos de fraudes no processamento de pagamento, tornando-os bem mais interessantes.
  • Gateways de pagamentos para e-commerce – Permite conexões de pagamentos com redes populares, como: Redecard e Cielo. Pode ser até uma solução mais barata em muitos casos. No entanto, não possui recurso antifraude.
  • Integração de pagamento direto com a adquirente – Esse tipo só é recomendado para profissionais mais experientes nesse mercado, já que envolvem opções de seguranças mais complexas.

De modo sucinto, o que pode ser dito é que, se você estiver começando com um e-commerce, deve optar por investir em um intermediário de pagamento. já que trabalhar com e-commerce e investir em volume em marketing farão mais sentido a adoção de um gateway de pagamento.

3 – Tipos de segurança para e-commerce

Lembre-se que a segurança precisa estar dentro desse sistema, afinal de contas, os seus clientes irão comprar em seu site, e tanto para você quanto para eles, precisam estar seguros em inserir seus dados, concorda?

Assim, é necessário usar algum tipo de segurança, e nesse caso existem dois tipos: SSL ou Scan de aplicação e IP.

4 – Marketing digital para e-commerce

Não se esqueça de atuar com outras frentes poderosas na divulgação e no marketing de sua loja virtual, sendo necessárias ações de:

  • E-mail marketing para e-commerce.
  • Textos para blogs de e-commerce, para aumentar o ranqueamento e visualizações no Google.
  • Presença nas redes sociais através de postagens cotidianas.

Se precisar de ajuda com seu e-commerce, nós podemos te ajudar, basta entrar em contato e daremos mais informações!

Grande abraço e até breve.

Acesse minhas redes sociais:

admin@dpg

admin@dpg

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresa

Ajudamos empresários, gestores financeiros, gestores de RH, a resolverem seus problemas contábeis, fiscais e trabalhistas através de uma consultoria contábil customizada para o seu negócio.

Posts Recentes

Siga-nos

Vídeo

Cadastre-se na nossa Newsletter

Não se preocupe não enviamos spam!

Recomendado só para você!
Agora é oficial! Inauguramos a São Lucas em uma nova…